Ouvir

ON FM

Liga-te

Faixa Atual

Título

Artista

Agricultores portugueses pretendem realizar bloqueios em estradas e fronteiras

Escrito por em Janeiro 31, 2024

 

Na madrugada de quinta-feira, haverá uma significativa presença nas principais fronteiras, como em Vilar Formoso.

 

 

Inspirados nos protestos ocorridos ao longo desta semana nos movimentos agrícolas em França, que se espalharam em Espanha, os agricultores portugueses mobilizam-se para realizar bloqueios de estradas já a partir de amanhã. A ação coletiva planeia-se com a expectativa de obter adesão e impacto em nível nacional.

Conforme apurado, programam-se bloqueios nas principais fronteiras, assim como em passagens de menor dimensão, começando às 2h da madrugada. Na região de Trás-os-Montes, o plano passa por bloquear todas as fronteiras, enquanto no Minho, prevê-se o corte da fronteira de Valença.

Nas Beiras, há a intenção de bloquear a fronteira de Vilar Formoso e outras fronteiras menores ao longo da raia beirã. No Alentejo, os agricultores têm em mente deslocarem-se para as fronteiras do Caia, no concelho de Elvas, e do Retiro, próximo de Badajoz, além de Olivença, Mourão e Ficalho (Baixo Alentejo).

Para Algarve, o plano é bloquear Castro Marim, enquanto em Alcácer do Sal, os agricultores preveem cortar a A2 e avançar para Pegões.

No Ribatejo, está prepara-se o bloqueio da A2 no sentido Lisboa-Porto. Em Montemor, considera-se o bloqueio da A6 no nó de Montemor e da estrada que leva a Sines, para interromper o acesso ao porto.

Dessa forma, os agricultores portugueses associam-se às iniciativas conjuntas realizadas no setor em países como França, Espanha, Itália, Bélgica, Alemanha, Polónia e Roménia.

 

Visited 59 times, 5 visit(s) today

ON FM

Liga-te

Faixa Atual

Título

Artista