Ouvir

ON FM

Liga-te

Faixa Atual

Título

Artista

Governo está a combater problema do alojamento estudantil

Escrito por em Agosto 25, 2023

O governo diz ter a noção de que o alojamento é a grande barreira para os estudantes ao Ensino Superior.

Em declarações à agência Lusa, o secretário de Estado do Ensino Superior, Pedro Nuno Teixeira, reconheceu que “o assunto preocupa o Governo”. Mas, o mesmo está a reforçar verbas do Plano Nacional de Alojamento, devendo concretizar 447 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), em vários projetos em construção, e em fase de empreitada.

“Até ao verão de 2026 teremos duplicado a capacidade de alojamento de estudantes para 28 mil camas”, disse Pedro Nuno Teixeira.

Segundo o Secretário de Estado, nove residências de estudantes ficam prontas este ano, em Lisboa, Porto, Faro, Torres Vedras, Batalha e Cascais, representando cerca de 1.100 camas. Atualmente, tais projetos contam com a colaboração de municípios, instituições de ensino superior, empresas públicas, e do setor social.

Assim, o complemento de alojamento pago aos estudantes bolseiros, volta a ser aumentado este ano. O valor depende das localidades, sendo Lisboa, Porto, Faro e Funchal as cidades mais caras.

Por causa deste aumento, têm sido também estabelecidos protocolos para “aumentar a capacidade de oferta” para os estudantes bolseiros, com o objetivo que estes paguem apenas aquilo que recebem.

“Temos que procurar todas as formas para mitigar o problema“, avançou.

Em suma, o preço médio subiu 10,5% no último ano, ultrapassando os 400€, em Lisboa e no Porto. Isto, segundo o relatório do Observatório do Alojamento Estudantil, publicado no início do mês.

Contudo, além dos preços praticados, um outro problema relatado, é a necessidade de pagar duas e três rendas em avanço.

Visited 7 times, 3 visit(s) today

ON FM

Liga-te

Faixa Atual

Título

Artista