ON FM

Liga-te

Faixa Atual

Título

Artista

Funcionários do Fisco ficavam com malas no aeroporto de Lisboa

Escrito por em Março 9, 2023

16 funcionários estão a ser julgados pelo crime de peculato e sete respondem por recetação.

[rev_slider alias=”parceiros”][/rev_slider]

A Autoridade Tributária (AT) tem 16 funcionários em julgamento por peculato, por suspeitas de, entre abril de 2018 e junho de 2020, terem roubado centenas de objetos dos “perdidos e achados” do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, avaliados em milhares de euros.

O caso é contado pelo Jornal de Notícias, que refere que outras sete pessoas respondem por recetação por terem ficado com “presentes” retirados dos armazéns da Alfândega – que seria apelidado pelos funcionários de “El Corte Inglés”.

Ana Paula Silva, de 64 anos, à data coordenadora do setor de controlo de passageiros e bagagens, admitiu que a subtração de objetos depois do prazo de 90 dias para serem reclamados era uma prática generalizada.

O Ministério Público (MP) indica que só em casa da antiga coordenadora foram encontrados bens avaliados em 13.992 euros.

O Ministério Público considera que os funcionários, aproveitaram-se das “lacunas” e “falta de controlo e fiscalização” para subtrair os bens.

De acordo com o Jornal de Notícias, o julgamento prossegue esta quinta-feira, 9 de março.

[rev_slider alias=”patrocinadores”][/rev_slider]


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.



ON FM

Liga-te

Faixa Atual

Título

Artista